You are currently browsing the monthly archive for outubro 2009.

Ao fã ardoroso, que chora todas as noites perguntando-se o que aconteceu com os blogueiros mais amados do Brasil pode ficar tranquilo, cá está o relatório da minha parte desde o último post.

Decepcionado com o rumo gamístico mundial parti em busca de desafios, pura e simplesmente, cansei-me de postar e parti para a terra do prazer gamístico roots, sem blogs, sem reviews, sem grana para comprar novos jogos, e curtindo ao máximo os que já tinha.

Até que por uma epifania parti para outras terras, quis mudar de vida, comecei a fazer musculação, e a carga horaria de games foi reduzida, para fins de semana com algumas horas esporadicas durante semana, muito menos que as 3 a 4 hora diárias de outrora, e então, com emprego musculação e faculdade o lucas gamer entoru em declínio.

E então veio o verão, praia, sol, festa, curtição cocótas.

Carnaval.

Não preciso dizer que a carga horária gamer nesse período foi zero. ou preciso?

Se preciso, foda-se vá ler twitter.

Quando retornei da esbórnia a rotina voltou, musuclação, trabalho, facul, e jogatina em doses homeopaticas, até que um dia, logo após renovar a live gold o inevitável aconteceu.:(

Lembro como se fosse hoje, sabado a tarde, logo após o almoço, pronto pra passar o dia matando gringos, liguei o bichinho, e ele apitou, não um apito de árbitro em partida de futebol, mas como o apito da morte, um apito de dor e sofrimento, como se a alma fosse arrancada golpes de foice, foi isso que eu ouvi, e assustado com o apito da morte, desliguei o aparelho, rezei por instantes, e religuei, apenas para ouvir o apito novamente, que soou como um “adeus”.

Desmontei o 360, reconectei todos os cabos, e confiante pensei “agora vai!”, e realmente foi. Após alguns minutos de jogatina, porém, o game travou, pensei que fosse apenas um lag e esperei, mas a espera foi longa, reiniciei o console, e dessa vez travou logo no start up, reiniciei novamente e ele não voltou mais, partiu para onde quer que os xbox mortos vão, e espero que ele esteja feliz lá.

Quanto a mim, restou passar os ultimos instantes com meu companheiro, abraçado e com lágrimas nos olhos.

Anúncios