Que? Smash Bros. Brawl tirou nota máxima na Famitsu? Grandes coisa! A notícia do dia foi outra.

O que dizer sobre isso? Podemos discorrer por horas e horas sobre a imbecilidade e fracasso da criatura. Mas eu não estou puto. Eu até me sinto bem vendo este tipo de coisa. Parafraseando o tiozão do Continue, “parabéns a quem sabe criar em vez de copiar”. Copiar não exige trabalho. Não precisa pensar. Já criar um post novo pode ser trabalhoso, dependendo de qual for. Tem que ter criatividade, ter o mínimo de noção de gramática e supostamente embasamento. Não que eu tenha, longe de mim querer ficar insinuando isso. Mas vendo coisas assim eu sou obrigado a pensar o contrário. Provavelmente aquele blog inteiro não tem um mísero erro de português, tirando a ÚNICA frase que o lazarento escreveu. Uma pessoa assim não se deve levar a sério. Na real nem deveríamos falar nele. Tá, mentira. Essa pessoinha deve ser execrada. Não quero ser cruel nem nada, mas não tenho culpa. Na faculdade de Publicidade (que eu curso), é comum a discussão do plágio, completamente mal visto pelos profissionais e estudantes da área. E eu “cresci” nesse ambiente. Tento ao máximo não copiar alguém, sou até meio neurótico. Antes de postar algo, dou uma vasculhada geral pra ver se alguém não acabou de discorrer sobre o mesmo assunto. Nem sempre isso dá certo, já aconteceu um caso em que postei algo e uma semana depois eu li algo semelhante na EGM gringa. Obviamente que eles não me copiaram. Então, nada mais justo do que também me sentir indignado com isso, afinal ele postou mais duas vezes hoje e um dos posts é deste blog. O texto não é meu, mas não importa.

gamepower.jpg

Será possível zoar com os acessos de um blog no wordpress? Se sim, deveríamos congestionar esse maldito blog e acabar com essa BOBIÇA (como dizem os do sul).

Anúncios