Vamos começar com a seguinte noticia:

Segundo Nikkei, alguns desenvolvedores de jogos andam preocupados com o Wii

Um artigo publicado no jornal japonês Nikkei relata a preocupação por parte de algumas produtoras de games no Japão em relação ao Wii. Parte disto vem da redução em geral da venda de consoles no país enquanto a Nintendo é a única empresa a se beneficiar do sucesso do Wii em seu começo, tornando-o o console a receber títulos de sucesso.

O artigo chega a cogitar se o Wii não estaria juntando poeira no armário, e um presidente de desenvolvedora de software anônimo teria dito ”as pessoas compraram o console de curiosidade, e é provável que vários não tenham o usado”. (Via Final Boss)

Ok. Eu tenho um Wii, e sou um entusiasta do console. Acredito no potencial dele, tanto em jogabilidade quanto no quesito gráfico. Conheço as vantagens e desvantagens dele, se colocado ao lado do 360 e PS3. Mas pera lá. Todos os consoles no Japão tiveram as suas vendas reduzidas no ultimo mês, com exceção do PSP (dá-lhe Final Fantasy!). Por causa de um mês de baixas, desenvolvedores anônimos prevêem um futuro de desgraças para o pequeno branquinho, mas quem são estes desenvolvedores? Seriam os grandões da Capcom, Konami, Ubisoft, EA e outros que ate então só tiveram lucros com ele? Ou seriam pequenos produtores, que ate agora não conseguiram números estroboscópicos como os de Halo 3? Ou foi apenas uma noticia flamer do jornal, em uma ação anti-Nintendo em terras nipônicas? Disso eu não sei, mas de uma coisa eu sei sim: Jogo bom VENDE. E muito. Logo, jogo ruim não vende.

Fiquei pensando sobre o assunto e resolvi dar uma olhada em alguns reviews no IGN. Separei algumas imagens, em uma montagenzinha aleatória e mequetrefe que fiz aqui. Dêem uma olhada e vejam se chegam a mesma conclusão que eu:

wii-vergonha.jpg

E então? Chegaram? Não sou nenhum analista do mundo dos games, muito menos um empresário, game-designer ou colunista de qualquer revista de circulação nacional, mas eis o que eu penso: A noticia lá de cima deveria ser invertida. Isso mesmo. Deveria deixar de ser “desenvolvedores preocupados com o Wii” para ser “Wii preocupado com desenvolvedores”. Meu santo bacanal, como eles querem vender jogos assim? “Publico casual” não quer dizer “publico burro” (e olha que boa parte dos donos de Wii não são casuais). Não adianta fazer um jogo com visuais de N64 e apenas adicionar alguns movimentos retardados. Não da pra enfiar um produto goela abaixo do consumidor. Tem que ter qualidade. Se o Wii não fosse bom, ele não se tornaria o top-seller da geração em tão pouco tempo.

Ao que me parece, aconteceu o seguinte: Quase ninguém dava um tostão para o Wii antes de seu lançamento, tirando uma ou outra softhouse, o que é compreensível, visto  o mega-sucesso que foi o GameCube. O branquinho foi lançado, filas foram feitas em praticamente todas as lojas que possuíam o Wii em estoque e logo em seguida as mesmas thirdies que viam o console como mais um fracasso da Nintendo passaram a vê-lo como uma gigantesca fonte de lucros e mais lucros. Para tirar o atraso, começaram a criar jogos rapidamente e mediocremente, resultando nas maravilhosas notas que vocês viram acima. Tudo bem, para alguns gamers a nota dos veículos especializados pouco importa, mas eles são especializados, certo? Querendo ou não eles são referencia, e muitas vezes a palavra deles influencia na compra. Você pagaria cinqüenta doletas em um jogo que parece ter saído de um chiqueiro? Duvido. Mas é aquilo que disse antes: Jogo bom VENDE. Jogo ruim não.

Vou ser obrigado a discordar de quem disser que o Wii é um console ruim. O que é ruim é a preguiça e falta de criatividade que está rolando por ai durante a criação dos jogos. Uma das premissas do Wii é “mudar a forma de se jogar”. Isso significa jogos diferentes em uma interface diferente, e não qualquer porcaria genérica e disfarçada de revolucionária. Significa jogos elaborados, que façam o jogador abrir um baita sorriso ao fazer determinado movimento e pensar “nossa, nunca imaginei que fosse jogar assim”.

Vários bons titulos já foram lançados para o Wii, com notas acima de 7,0 (onde 7 = bom, 8 = muito bom, 9 = ótimo e 10= estupendo). Mas deixar a maioria medíocre dominar é inaceitável. Quando isso acontece, todos sofrem. O console fica taxado de raso, o consumidor joga dinheiro no lixo e as produtoras deixam de lucrar. E deixando de lucrar saem perolas como “estamos preocupados com o Wii”. Quer um conselho, senhor desenvolvedor anônimo (e anômalo)? Pare de reclamar e faça jogos bons. A hora que isso acontecer, o seu produto não ficara encalhado nas prateleiras, pode ter certeza.

E sim, estou puto. Caso você conheça algum desenvolvedor que esteja trabalhando em jogos para o Wii, envie este post, por favor. E também envie uma copia de Metroid Prime 3, Super Mario Galaxy e Smash Bros Brawl para aprender como se faz.

Anúncios