É aquela coisa: só não gosta de jogar online quem nunca jogou. No dado momento em que você pisa em uma Live da vida, você automaticamente pára com aquele discurso de que “não é pra isso que eu comprei o videogame” ou “não preciso dessas coisas”.

É, eu entrei na Live ontem pela primeira vez e por poucos minutos, mas foi o bastante para me tornar adepto da idéia. O cara que pensou no Headset tinha feito sexo na noite anterior, tenho certeza.

Testei também a rede online do Wii. Gostei bastante, mas ainda falta muita coisa. A Microsoft realmente está anos-luz na frente. Na real a rede do Wii só serve para o Virtual Console (se você tiver grana, claro). Tá, tem o Opera também. And also o Canal do Tempo e o de Notícias, mas acho que esses aí foram feitos pensando no “paizão” que vai usar o Wii.

Por favor, Nintendo! Comecem a criar toneladas de jogos online.

Agradecimentos ao Lucas, por morar em um prédio socado de wireless.

Anúncios